top of page

SEMPI define ações estratégicas da campanha de Carnaval 2024: Não É Não!



Nesta terça-feira (16), a Secretaria de Estado das Mulheres do Piauí (Sempi) promoveu uma reunião estratégica visando articular as ações da campanha de Carnaval intitulada “Ei, Mermã, Só Se Eu Quiser. Não É Não!”. O lançamento está agendado para o dia 2 de fevereiro, com programação estendida para o dia 3, durante o Corso, e no dia 9, durante a blitz da PRF em Campo Maior. O encontro contou com a participação de representantes de diversos órgãos estaduais.

A presidente da Comissão da Mulher Advogada da OAB-PI, Beatriz Sousa, esteve presente, reforçando a parceria contínua entre a OAB-PI e a Sempi. Ela enfatizou o compromisso da Ordem em contribuir com causas femininas relevantes, como a luta contra a violência direcionada às mulheres. Beatriz ressaltou a participação da OAB na distribuição de materiais de conscientização durante o carnaval, com um foco este ano na Lei de Importunação Sexual.

A coordenadora da Secretaria de Relações Sociais (SERES), Josi Pires, destacou o papel do órgão na promoção e fortalecimento dos movimentos relacionados à mulher. Segundo ela, a SERES busca contribuir não apenas com as ações da Sempi, mas também com outras secretarias e órgãos presentes na reunião. Josi descreveu a reunião como propositiva, ressaltando a importância da agenda para a conscientização em massa, com especial atenção às mulheres.

A coordenadora de prevenção da Coordenadoria Estadual de Enfrentamento às Drogas e Fomento ao Lazer (Cendfol), Keila Damasceno, ressaltou a importância do alinhamento entre os órgãos envolvidos na campanha. Destacando a continuidade da parceria, ela enfatizou que cada órgão possui suas ideias, e a prevenção de diversas temáticas precisa ser considerada para garantir a efetividade das ações transformadoras neste Carnaval.

A reunião evidenciou a união de esforços entre diferentes entidades e setores do governo, consolidando a importância da articulação conjunta para a eficácia das ações de prevenção e conscientização durante a festividade carnavalesca.


Fonte: Governo do Piauí/Notícias



0 comentário

Comments


bottom of page