top of page

Redução nas Bandeiras Tarifárias de Energia Elétrica: Energia mais Barata

Nova Tarifação de Energia: Economia na Conta de Luz dos Brasileiros

Os brasileiros receberam uma excelente notícia da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), com a anunciada redução de até 37% nos valores das bandeiras tarifárias, refletindo diretamente nas contas de luz.

As bandeiras tarifárias funcionam como um indicativo do custo da geração de energia elétrica, especialmente em períodos de baixa pluviosidade que impactam a produção hidrelétrica, levando a Aneel a recorrer às usinas termelétricas, o que encarece a conta de energia.



Agora, mesmo diante das bandeiras amarela ou vermelha, os consumidores pagarão menos, graças à decisão da Aneel.

Veja os novos valores:

  • Bandeira Verde: Sem custo extra.

  • Bandeira Amarela: Condições menos favoráveis, porém com uma redução de 37% no valor anterior, estabelecendo a tarifa em R$ 18,85 por MWh.

  • Bandeira Vermelha - Patamar 1: Condições desfavoráveis, mas com uma redução de 31%, a tarifa agora será de R$ 44,63 por MWh.

  • Bandeira Vermelha - Patamar 2: Condições muito desfavoráveis, porém com uma redução de 20% no valor anterior, fixando a tarifa em R$ 78,77 por MWh.

Essa redução nos valores das bandeiras é reflexo do cenário mais positivo para a geração de energia elétrica, com o aumento dos níveis dos reservatórios das hidrelétricas ao longo dos anos de 2022 e 2023.

Felizmente, desde abril de 2022, a bandeira tarifária permanece verde, sem custo adicional, e a previsão é que se mantenha assim até o fim do ano.

Além disso, a Aneel implementou uma nova metodologia para acionar as bandeiras, considerando não apenas as condições normais, mas também situações extremas imprevisíveis, como decisões do Comitê de Monitoramento do Setor Elétrico diante de eventos como ondas de calor intensas, garantindo uma gestão mais eficiente do sistema elétrico nacional.


Fonte: Só Notícia Boa

0 comentário

Yorumlar


bottom of page