top of page

PM é detido por suposto envolvimento com facção criminosa no Norte do Piauí

Durante a Operação 104, que visava desmantelar uma organização criminosa e seus membros, um sargento da Polícia Militar do Piauí foi preso em flagrante em sua residência. Segundo o Departamento de Repressão às Ações Criminosas Organizadas (Draco) da Polícia Civil, o policial é suspeito de prestar segurança para um líder de facção em Pedro II.

O coronel Erisvaldo Viana, comandante do Comando de Policiamento do Litoral Meio Norte (CPLMN), afirmou que as investigações estão em curso com a Polícia Civil, e que a PM só se pronunciará após a conclusão do inquérito.

O sargento, identificado como Francisco Ferreira de Sousa Filho, foi detido durante a Operação 104, quando foram efetuadas sete prisões. De acordo com o delegado Charles Pessoa, ele é suspeito de fazer a segurança direta do líder da facção criminosa na região.

Durante a operação, uma motocicleta com sinais de adulteração foi encontrada em posse do sargento, o que levou ao flagrante. Posteriormente, sua prisão foi convertida em preventiva.


Reprodução/Internet


O Ministério Público do Piauí destacou que o sargento é investigado tanto pelo fornecimento de segurança à organização criminosa quanto pelo repasse de informações sobre as instituições de Segurança Pública.

A operação resultou na apreensão de armas de fogo, munições, drogas, celulares, dinheiro e joias. Uma das armas apreendidas pertencia a outro policial militar e estava registrada como roubada.

O principal alvo da operação, identificado como líder da organização criminosa, foi detido em uma residência de luxo, onde foram encontrados veículos de alto padrão e uma arma que ele tentou descartar durante a abordagem policial.


Fonte: G1

0 comentário

Comentarios


bottom of page