top of page

Piauí Sofre Aumento Alarmante em Número de Casos de Dengue nos Últimos Meses: Quase 80%


Reprodução/Internet


O Piauí registrou um aumento significativo de casos de dengue na 14ª Semana Epidemiológica em comparação com o mesmo período do ano anterior. De acordo com o boletim divulgado pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi), em 2023 foram registrados 2.965 casos prováveis, enquanto neste ano o número subiu para 5.320. Além disso, houve um aumento no número de casos confirmados, passando de 2.312 em 2023 para 3.171 em 2024.

Os municípios com maior número de casos prováveis de dengue são:

  • Teresina: 487

  • Bom Jesus: 336

  • Parnaíba: 165

  • Currais: 78

  • São João do Piauí: 51


O Piauí registrou quatro mortes relacionadas à dengue, sendo três no município de Bom Jesus e uma em Manoel Emídio.

A infecção por dengue pode ser assintomática ou apresentar sintomas leves. É importante que a população fique atenta aos sinais, pois a doença pode evoluir rapidamente para um quadro mais grave. Os principais sintomas da dengue incluem febre, dor no corpo e nas articulações, dor atrás dos olhos, mal-estar, falta de apetite, dor de cabeça, manchas vermelhas no corpo, dor abdominal intensa, vômitos, letargia ou irritabilidade.

Caso seja identificado algum sintoma da doença, é recomendado procurar uma unidade de saúde para realizar os procedimentos necessários. O médico irá avaliar os sinais e seguir o protocolo oficial, que pode incluir exames laboratoriais. Para casos leves, a recomendação é repouso, hidratação, administração de paracetamol ou dipirona para alívio da dor ou febre, e evitar o uso de ácido acetilsalicílico. Na maioria dos casos, a dengue tem cura espontânea após cerca de 10 dias. No entanto, é importante retornar imediatamente ao serviço de saúde em caso de sinais de alarme, como dor abdominal intensa e contínua, náuseas, vômitos persistentes e sangramento de mucosas, para receber o tratamento adequado.


0 comentário

Comentários


bottom of page