top of page

Piauí Lidera Desmatamento da Mata Atlântica no Brasil; 95% da Devastação em Dois Municípios

O Piauí liderou o desmatamento da Mata Atlântica no país, representando 42% do desflorestamento total em 2022-2023. Dois municípios, Manoel Emídio e Alvorada do Gurguéia, foram responsáveis por 95% da área desmatada no estado, colocando-os no topo da lista dos 10 municípios com maiores áreas devastadas no Brasil.

Os dados, divulgados nesta terça-feira (21) pela Fundação SOS Mata Atlântica com base no Atlas da Mata Atlântica e no Sistema de Alertas de Desmatamento (SAD) Mata Atlântica, mostram que o Piauí vai na contramão do país, que registrou uma redução de 27% no desmatamento no mesmo período.

A Secretaria do Meio Ambiente e Recursos Hídricos do Piauí (Semarh) afirmou que, apesar do aumento, embargou 99% dos alertas ilegais de 2022 e 2023 em áreas de Mata Atlântica no estado, além de implementar outras ações de combate à situação.

O bioma da Mata Atlântica, presente em 17 estados, teve redução no desflorestamento na maioria deles, com destaque para Minas Gerais (MG), Paraná (PR) e Santa Catarina (SC), que registraram quedas de 57%, 78% e 86%, respectivamente.

Além do Piauí, outros três estados—Ceará (CE), Mato Grosso do Sul (MS) e Pernambuco (PE)—acumularam 90% do desflorestamento registrado no país. O Piauí registrou 6.192 hectares devastados, quase o dobro do segundo colocado, Minas Gerais, que teve 3.193 hectares desmatados, mas apresentou redução em comparação ao ano anterior.

Os 10 municípios com maiores áreas desflorestadas acumularam 30% do desflorestamento total do país. As cidades vizinhas de Manoel Emídio e Alvorada do Gurguéia, no Piauí, lideraram a lista e representaram 95% da área devastada no estado. As demais cidades estão localizadas nos estados do Mato Grosso do Sul (MS), Bahia (BA) e Minas Gerais (MG).


Foto: Rubens Felix


Fonte: G1

0 comentário

Comments


bottom of page