top of page

padrasto é preso por "vender" enteada de 13 anos por cachaça, com apoio da mãe no norte do piaui



Um homem identificado por Francisco Antonio Gomes dos Santos, vulgo Flecheira, de 44 anos de idade, foi preso nessa quarta-feira (12/07) por prostituir a enteada de 13 anos em troca de cachaça e outros 'agrados'. O crime aconteceu na localida Santa Rosa, na zona rural de Luís Correia, no litoral do Piauí, porém o ele fugiu para a cidade de Cocal, onde foi preso na zona rural do município, no Povoado Santo Hilário.

Segundo o delegado Aldely Fontineli, o investigado levava a criança para ter encontros amorosos com outro homem, identificado por James Oliveira Nobre, de 42 anos de idade, preso na terça-feira em Luís Correia.

Os denunciantes relatavam que a família da vítima é humilde e James (foto acima) se aproveitou da situação e passou a frequentar a casa da menor, agradando a todos, inclusive com ajuda nas despesas da casa. James também presentou a namorada com um smarthphone.

O pai, a mãe e James foram indiciados pelo crime de estupro de vulnerável e conforme o inquérito policial remetido à Justiça no mês de janeiro deste ano (2023), o relacionamento de James com a namorada se limitava apenas a beijos e abraços, fato esse, à época, comprovado por meio de exame de conjunção carnal. No entanto, a Polícia Civil tomou conhecimento que James prosseguiu com o relacionamento, com o apoio do sogro, que para não levantar suspeitas, se mudou com a família para o povoado Santo Hilário, em Cocal.

“James vai responder por estupro de vulnerável, enquanto o padrasto por estupro noutra

Fonte: G1

0 comentário

コメント


bottom of page