top of page

Jaguatirica Morta é Encontrada às Margens da BR-343 em Altos

Uma jaguatirica foi encontrada morta às margens da BR-343, que liga Teresina ao litoral do Piauí. Agentes temporários da Floresta Nacional dos Palmares descobriram o animal por volta das 6h desta quarta-feira (22), ao iniciar o turno de trabalho. A suspeita é que a jaguatirica tenha sido atropelada durante a noite ou madrugada.

De acordo com Gaspar Alencar, chefe da unidade de conservação, o animal era adulto, pesando 25 quilos e medindo um metro da cabeça à ponta da cauda. O resgate contou com o apoio de um professor da Universidade Federal do Piauí (UFPI), que transportou a equipe do ICMBio até o local e entregou a carcaça ao Centro de Ciências da Natureza da UFPI.

Gaspar Alencar destacou que este é o terceiro felino encontrado morto nas proximidades da floresta desde 2016, quando a unidade iniciou o monitoramento da fauna atropelada na região. "Essas espécies de topo de cadeia, como onça suçuarana, onça-pintada e jaguatiricas, precisam de aproximadamente 30 quilômetros quadrados para sobreviver. A Floresta dos Palmares é pequena, então esses animais transitam pela BR em busca de alimento e acabam sendo atropelados", explicou.



Reprodução/Internet


O gestor enfatizou a necessidade de investir em práticas que reforcem a educação no trânsito, melhor sinalização para informar a presença desses animais e a construção de corredores ecológicos para travessias seguras. "É urgente reforçar a sinalização nesses corredores e instalar redutores de velocidade na frente da floresta para que os veículos trafeguem a uma velocidade mais baixa, reduzindo o risco de atropelamento. O redutor também ajudaria a diminuir o ruído vindo da BR, que estressa os animais e atrapalha o trabalho de observação de pássaros realizado por pesquisadores", acrescentou.

A carcaça da jaguatirica foi doada à Universidade Federal do Piauí para ser preservada e estudada por professores e alunos. O parque enfrenta desafios, como a falta de freezer para a conservação de animais e problemas mecânicos na caminhonete usada para deslocamentos de equipes.


0 comentário

Comentários


bottom of page