top of page

Homem usa mulher de escudo humano e a mesma acaba sendo baleada em confronto com a policia



Uma mulher grávida de oito meses foi baleada no pescoço durante confronto com o Grupo de Operações Especiais (GOE), do 11° Batalhão da Polícia Militar de Timon, no Maranhão. Segundo a PM, a vítima foi utilizada como escudo humano pelo marido na troca de tiros.

O comandante do GOE, tenente Luanderson, contou que o casal não atendeu a ordem de parada, chegou a jogar o veículo e atirar contra os policiais, que revidaram. Os suspeitos estavam em um carro com registro na polícia por outros crimes.

"A nossa equipe foi acionada para checar esse veículo circulando em Timon. A guarnição deu voz de parada, mas o condutor jogou o veículo para cima do policial e na segunda ordem, o suspeito atirou contra os policiais, que revidaram. Os estilhaços atingiram a ocupante e em uma manobra desesperada, o motorista fez mulher dele de escudo humano", contou.

De acordo com o comandante, o suspeito só parou o carro depois de perceber que a passageira foi atingida. Ele foi preso com um revólver 38 com cinco munições, duas deflagradas, e um bloqueador de sinal de veículos, e encaminhado para a Central de Flagrantes.

Os policiais do GOE fizeram o primeiro atendimento da passageira, que foi conduzida até a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Timon e transferida para o Hospital de Urgência de Teresina (HUT).

"Ela e o bebê não correm risco de vida", informou o comandante.


FONTE:G1

0 comentário

Comments


bottom of page