top of page

Gerente de academia é detido usando duas tornozeleiras eletrônicas simultaneamente

Na manhã desta terça-feira (27), no conjunto Leonel Brizola, em Timon (MA), um homem identificado apenas pelas iniciais R. C. R., de 27 anos, foi detido por estar utilizando duas tornozeleiras eletrônicas. Ele atua como gerente de academia e é estudante de Ciências Contábeis na Universidade Estadual do Maranhão (UEMA).

De acordo com informações da Polícia Civil do Maranhão (PC-MA), o indivíduo estava sob monitoramento das secretarias de Justiça do Piauí e do Maranhão, o que levou ao uso dos dois dispositivos. Ele já havia sido condenado a 15 anos de prisão por roubo.

A reportagem procurou a Secretaria de Justiça do Piauí, que considerou "incomum" o caso de duplo monitoramento, porém não detalhou as normas aplicadas nessas situações. A Central de Monitoramento Eletrônico da Sejus-PI explicou que o preso começou a ser monitorado no Piauí e depois recebeu outra tornozeleira eletrônica no Maranhão.


Foto: Polícia Civil


Atualmente, 920 pessoas estão sob monitoramento eletrônico no Piauí, com cada dispositivo custando ao governo estadual o valor mensal de R$ 256,82.

A Secretaria de Administração Penitenciária do Maranhão ainda não se pronunciou sobre o caso quando procurada pela reportagem. O Tribunal de Justiça do Piauí, responsável pelo monitoramento dos sentenciados em conjunto com a Sejus, afirmou que o monitoramento é feito de forma independente por cada estado.


Fonte: G1

0 comentário

Comments


bottom of page