top of page

Em Teresina, roubo de celulares reduziu em 50% após operações contra receptação, diz SSP

O levantamento considerou os casos ocorridos entre 1° de janeiro e 20 de novembro deste ano



A Secretaria de Segurança Pública do Piauí informou, nesta segunda-feira (27), que a média móvel diária do número de roubos de aparelhos celulares em Teresina reduziu em 50%. O levantamento, realizado pela Superintendência de Operações Integrada (SOI), Diretoria de Inteligência Estratégica (DINTE) e Gerência de Dados (GACE/GDC), considerou os casos ocorridos entre 1° de janeiro e 20 de novembro deste ano.

Segundo o Superintendente de Operações Integradas (SOI), delegado Matheus Zanatta, as intimações em massa e as sete fases da operação Interditados, que tem como objetivo combater a comercialização de produtos ilegais e a prática de receptação, foram essenciais para a diminuição da prática criminosa.


“Antes das intimações e operações nós tínhamos uma média de 38,31 celulares roubados por dia e após esse trabalho conseguimos reduzir para 19,70, ou seja, uma diminuição significativa, isso porque os consumidores finais estão deixando de comprar celulares com origem duvidosa”, explicou o delegado.

Para o gerente de Análise Criminal e Estatística da SSP, delegado João Marcelo Brasileiro, os dados são usados como norte na tomada de decisões na gestão e no impacto das operações na segurança pública.

“Através desses dados monitoramos e avaliamos o impacto das ações da segurança pública, não só nos roubos de celulares, mas nas Mortes Violentas Intencionais (MVI), roubo e furto de veículos. Avaliando o impacto da operação Interditados e as intimações feitas pelo WhatsApp, percebemos que foi uma estratégia eficiente no combate de roubo de celular, tendo em vista que observamos uma queda brusca na quantidade de aparelhos roubados diariamente em Teresina”, destaca.


Fonte: A10+


0 comentário

Opmerkingen


bottom of page