top of page

Câmara Aprova Novo Ensino Médio com Aumento da Carga Horári

A Câmara aprovou nesta quarta-feira (20) o texto-base do novo Ensino Médio, que agora segue para apreciação pelo Senado. Os deputados estão votando os destaques para possíveis modificações no projeto.

Após acordo com o governo, o relator do projeto, deputado Mendonça Filho (União-PE), manteve o aumento da carga horária da formação geral básica para 2.400 horas, somadas nos três anos do ensino médio, para alunos que não optarem pelo ensino técnico. A carga horária total do ensino médio permanece em 3.000 horas ao longo dos três anos (cinco horas por dia em cada um dos 200 dias letivos anuais).

Para completar a carga total nos três anos, os alunos terão que escolher uma área para aprofundar os estudos, totalizando 600 horas, optando por um dos seguintes itinerários formativos: linguagens e suas tecnologias, matemática e suas tecnologias, ciências da natureza e suas tecnologias, ou ciências humanas e sociais aplicadas.


Foto: Adriano Machado


O ministro da Educação, Camilo Santana, acompanhou a votação da proposta e destacou que o diálogo assegurou o retorno das 2.400 horas de formação geral básica, consideradas essenciais para o projeto. Ele enfatizou o compromisso com a formação geral de qualidade, além do fortalecimento do ensino técnico profissionalizante, conforme o desejo de avanço educacional no Brasil.

Durante a consulta pública realizada pelo Ministério da Educação em 2023, 80% dos estudantes manifestaram apoio ao ensino técnico profissionalizante integrado ao ensino médio.


Fonte: G1

0 comentário

コメント


bottom of page