top of page

Aumento alarmante de casos de maus-tratos a animais no Piauí

Nos últimos quatro anos, o número de boletins de ocorrência relatando maus-tratos contra animais no Piauí cresceu significativamente, aumentando em 98%. Em 2020, foram registrados 108 boletins, enquanto em 2023 esse número subiu para 214, conforme levantamento da Delegacia Especializada de Proteção ao Meio Ambiente (DPMA).

Além disso, houve um aumento de 207% nos inquéritos relacionados a maus-tratos a cães e gatos, passando de 13 casos em 2020 para 40 em 2023.



Sede da Delegacia de Proteção ao Meio Ambiente (DPMA) - foto: Renato Andrade


O delegado titular da DPMA, Willame Moraes Costa, em entrevista, ressaltou a falta de definição sobre o que constitui maus-tratos, o que tem contribuído para o aumento dessas ocorrências. Ele destaca a importância da conscientização sobre o tema.

Quanto à legislação, a lei 9.605/98 estabelece sanções para condutas lesivas ao meio ambiente, enquanto a lei 14.064/20 aumentou as penas para maus-tratos a cães e gatos. No entanto, Costa defende uma igualdade no tratamento das diferentes espécies de animais perante a lei.

Para denunciar casos de maus-tratos, é possível procurar a Delegacia de Proteção ao Meio Ambiente ou utilizar a Delegacia Virtual no site da Polícia Civil do Piauí.

Costa ressalta a importância da educação e da adoção de políticas de estado para a redução e prevenção do crime de maus-tratos a animais.


0 comentário

Comments


bottom of page