top of page

Agronegócio e Energias Renováveis Impulsionam PIB de Municípios Piauienses

Nos últimos 20 anos, vários municípios do Piauí viram uma transformação significativa em sua economia, migrando suas principais atividades para o agronegócio e a indústria, o que impulsionou um desenvolvimento acelerado em regiões antes com baixos índices de crescimento. O crescimento da produção de soja e milho, juntamente com a implantação de parques de energias renováveis, tem sido o catalisador dessa mudança.

De acordo com um estudo da Secretaria do Planejamento (Seplan), baseado em dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o PIB desses municípios cresceu muito além da média nacional, especialmente nos últimos cinco anos, levando a um aumento significativo na geração de empregos.

Um exemplo impressionante é o município de Queimada Nova, que viu seu PIB mais que dobrar entre 2020 e 2021, passando de R$ 119 milhões para R$ 253 milhões, graças à instalação do Parque Lagoa dos Ventos, o maior complexo eólico da América do Sul. Outros municípios como Dom Inocêncio, Simões, Lagoa do Barro e Ilha Grande também experimentaram um crescimento notável do PIB, principalmente devido ao avanço dos empreendimentos de energias renováveis.

O levantamento do IBGE revela que, dos 10 municípios piauienses com maior crescimento do PIB entre 2020 e 2021, a energia renovável e o agronegócio são os principais impulsionadores econômicos.



No que diz respeito à geração de empregos, os municípios com forte ligação ao agronegócio se destacam, com Ribeiro Gonçalves liderando o caminho. Entre janeiro e novembro de 2023, Ribeiro Gonçalves foi o quarto município que mais gerou empregos, com um saldo positivo de 1.252 vagas.

Os municípios localizados no cerrado piauiense, onde a produção agrícola de soja e milho é concentrada, foram os maiores geradores de empregos entre 2020 e 2021, especialmente nos territórios de desenvolvimento Tabuleiro do Alto Parnaíba e Chapada das Mangabeiras. Proporcionalmente, esses territórios empregaram mais, superando até mesmo áreas mais populosas do estado, como Teresina, Parnaíba e Piripiri.

Esses dados destacam o papel crucial do agronegócio e das energias renováveis no crescimento econômico e na geração de empregos em várias regiões do Piauí, transformando a paisagem econômica e social desses municípios.


Fonte: GP1

0 comentário

Comments


bottom of page