top of page

26 anos de cadeia: É a pena dada a Ezequiel de Araújo por ter matado a companheira com 17 facadas

Ezequiel Rodrigues de Araújo foi condenado a 26 anos e oito meses de prisão em regime inicial fechado pelo assassinato de sua ex-companheira, Valdirene Torquato da Silva, ocorrido em 25 de janeiro de 2022 no bairro Ilhotas, em Teresina.




Durante o julgamento conduzido pelo Tribunal Popular do Júri, presidido pela juíza Maria Zilnar Coutinho Leal, o réu foi considerado culpado por homicídio qualificado, incluindo feminicídio, por matar a vítima com 17 facadas. No interrogatório, o réu optou por responder apenas às perguntas da defesa e dos jurados, conforme o art. 188 do Código de Processo Penal.



Foto: Alef Leão/GP1


A juíza encerrou o procedimento, garantindo ao acusado o direito de permanecer em silêncio. Valdirene Torquato da Silva foi morta por Ezequiel Rodrigues de Araújo enquanto se dirigia ao trabalho, sendo emboscada pelo ex-companheiro, que a espreitava no trajeto diário. O crime ocorreu próximo ao Colégio Mérito D’Martone, onde o agressor a atacou pelas costas e desferiu mais de dez facadas contra ela.


Fonte: GP1

0 comentário

Comments


bottom of page